Book| The Art of Deception – Kevin Mitnick

Industrial spies and computer intruders will sometimes make a physical entry into the targeted business. Rather than using a crowbar to break in, the social engineer uses the art of deception to influence the person on the other side of the door to open up for him. – Kevin Mitnick

Kevin Mitnick foi preso em seu apartamento pelo FBI em Raleigh, Norte da California em  15/Fevereiro/1995 a exatamente 17 anos atrás. Se você nunca ouviu falar da lenda viva por favor clique aqui: Eu não conheço Kevin Mitnick!!.

Kevin Mitnick foi um dos maiores crackers da história. Ele invadiu e copiou softwares da Digital Equipment Corporation (DEC)   além de roubar manuais técnicos da Pacific Bell.

Segundo a revista Galileu:

“Mitnick ganhou as manchetes em 1981. Tinha só17 anos, e invadiu o sistema Cosmos, da Companhia Telefônica Pacific Bell, de onde surrupiou documentos confidenciais. Foi descoberto e preso, mas logo foi solto. Arranjou, então, um emprego como chefe de segurança de rede do Pacific Bank, e dedicou o tempo livre para uma façanha ainda mais audaciosa: conseguiu acessar o computador do Comando de Defesa Aérea norte-americano, no Colorado, e alterou o seu sistema de rastreamento.
Prejuízo: 1 milhão” – Galileu Ed.86

Fato…

Eu me recordo que durante a prisão de Mitnick, surgiu um movimento criado ao redor do mundo para  libertar-lo, iniciado pelo editor da revista 2600 chamado Emmanuel Goldstein. Havia uma simples página em html com um contador regressivo  para a libertação de Mitnick.

Após sua libertação, começou a escrever o  livro The Art of Deception em uma máquina de escrever, pois o mesmo foi impedido de usar um computador e a internet durante alguns anos.

O Livro: The Art of Deception

O livro não trata da parte técnica, mas o autor (Kevin Mitnick) procura focar a atenção para Social Engineering (Engenharia Social), abordando desde o inicio de sua “carreira”. É interessante observar a  curiosidade de Mitnick.

O Livro Inicia com um Foreword escrito por Steve Wozniak  comentando das maiores fraquezas da Segurança da Informação, que é o elemento HUMANO. É assustador observar que todos nós, podemos nos tornar vulneráveis a engenharia social.

Mitnick no preface inicia  falando um pouco de seus pais e sua infância, e já no inicio ele conta a maneira que ele descobriu aos 12 anos de idade como obter passagem livre nos ônibus de L.A.

…and by the age of twelve I had discovered a way to travel free throughout the whole greater L.A. – Kevin Mitnick

O Primeiro Capítulo ele é bem direto quando diz que as:

“Empresas compram o melhor equipamento de segurança que o dinheiro pode pagar, treinam as pessoas e contratam a melhor empresa de segurança para cuidar do prédio.”

Mas segundo Mitnick a empresa está vulnerável.

That company is still totally Vulnerable. – Kevin Mitnick

O livro é interessante, no entanto as pessoas esperavam algo mais técnico, achei a leitura simples e permite conhecer um pouco mais do autor.

Desde de 2000 Kevin Mitnick é um homem livre e voltou a trabalhar para “industria” como Consultor de Segurança.

Se leu o livro ou mesmo se desejar compartilhar algo fique a vontade para deixar o seu comentário.

Entrevista sobre o livro:

Filmes:

Takedown(2000)

Documentos sobre Kevin Mitnick:

Mitnick’s Legal Documents

Free Kevin Mitnick – Action Alert #1

Free Downtime


Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s